top of page
Não foi que a Bee Are ficou famosa lá fora antes mesmo de fazer sucesso no Brasil? Talvez tenha sido porque a Pryor Records precisava logo de uma banda para agradar o novo mercado emocore, ou porque seus únicos fãs no mundo não tenham aceitado que eles nunca fossem fazer shows em sua cidade. Agora Emília está caidinha pelo dono da gravadora, e Paulo não deveria estar tão interessado por um dos adolescentes que lhes conseguiram o contrato. Mesmo João, que costumava ser o mais esclarecido, anda com uns papos esquisitos sobre sonhos com um blogueiro canadense, mas como não encasquetar com as fofocas quando tudo que cai naquele site se torna real? O problema é que as mentiras foram muito longe desta vez, e Jonny precisa agir antes que uma delas caia sobre a cabeça de Paul. Como se não fosse o bastante, ainda surgiu aquela nova banda regional que ameaça roubar seus holofotes. Maldito garoto de chapéu.

Tá brincando (Vai sonhando)

  • Cínthia Zagatto
DEPOIS-DA-MEIA-NOITE.png

DEPOIS DA MEIA-NOITE

Por Alan Silva

ku-logo-orange-black._CB485916766_ (1).png

publicidade

Você pode gostar de