top of page
O passado é o alicerce que prefacia a maturidade. Mael sabe muito bem disso. Tendo sido abandonado pela sua mãe ainda na infância, ele desenvolveu uma relação pautada na distância e no desentendimento com o pai. Crescido, ele se muda de Serra Preta para estudar Direito em Salvador. O menino que outrora corria nos pastos com as ovelhas, tornou-se um homem obscuro e apático, com vícios com os quais não sabe lidar. Após quatro anos, ele volta para a casa paterna, no intuito de se reconciliar com o seu passado. No entanto, ele acaba se envolvendo num romance secreto, como se raptado pelos desvarios da paixão, que o fará reconsiderar absolutamente tudo em sua vida.
Será, então, possível que o amor brote num pântano hostil, após o pouso do pássaro negro?

O pouso do pássaro negro

  • Marcos Well
DEPOIS-DA-MEIA-NOITE.png

DEPOIS DA MEIA-NOITE

Por Alan Silva

ku-logo-orange-black._CB485916766_ (1).png

publicidade

Você pode gostar de