Deixa só na ficção: 13 distopias LGBTQIAP+

Categoria

Por categoria

13 histórias que se passam em um mundo distópico e que a gente espera que não se torne real

Viver durante um governo opressor, enfrentar desafios diante de poucos recursos e lutar, ainda que de forma muito discreta, para que as coisas melhorem… Essas são algumas características presentes em distopias.

Muita gente gosta de ler obras assim e, muitas vezes, é possível enxergar semelhanças com a nossa realidade. Por isso, reunimos 13 obras que falam de realidades que a gente só quer ver na ficção!

Deixa só na ficção: 13 distopias LGBTQIAP+

Libre

Alex Fernandes

Alice é surpreendida com a notícia do suicídio de um colega da escola. O fato causa espanto, afinal, esse tipo de coisa não acontece em Zen. Curiosa, Alice não consegue parar de pensar no que pode estar por trás disso tudo e essa não é a primeira vez que ela questiona as verdades da Nação. Investigando por conta própria, a vida da jovem vira de cabeça para baixo.


Teia de vidro

Aurelio Nery

Após um vírus de computador maligno dominar a terra, os seres humanos encontraram abrigo em uma colônia espacial conhecida como Arranha-Céu. A vida de Hunter era pacata até a chegada de Ícaro, um rapaz que tem uma ligação inexplicável com o vírus. O romance é inevitável, mas como ele poderia funcionar com tantos segredos?


Quando o Sol voltar

Olívia Pilar

Bianca e Dara, assim como muitas outras pessoas, tiveram a vida alterada depois da eleição de um líder extremamente conservador. Para continuar vivendo seu amor, enquanto lutam para continuar vivendo, elas se encontram às escondidas numa Belo Horizonte distópica.


Além da fronteira

Mark Miller

300 anos após a extinção da raça humana, a única resposta para a resistência é a morte. Bellamy é um jovem caçador lunar que tenta sobreviver e sustentar os irmãos mais novos e as coisas podem ficar piores. Ele está diante dos responsáveis pelos horrores sofridos e está preenchido pelo ódio. Agora, ele terá que sobreviver em um jogo político que envolve, entre outras coisas, seu coração.


O último robô do mundo

Maria Freitas

Sombra luta para sobreviver em um mundo sem adultos. Depois de roubar algo dos Garotos, ela precisa se esconder e acaba se deparando com um robô que parece estar com os dias contados. Junto com o (nem tão) novo amigo, Sombra tenta encontrar um pouco de esperança.


Ninguém nasce herói

Eric Novello

O Brasil é liderado pelo Escolhido, um um fundamentalista religioso que dissemina ódio contra diversas minorias. Distribuir livros é considerado um ato de rebeldia, e foi o jeito que Chuvisco encontrou para tentar mudar alguma coisa, mas ele vai perceber que talvez precise fazer um pouco mais.


O terno laranja

Lito Garcia

O antigo regime caiu e agora o país é liderado pelos patriotas, cinco famílias ricas e poderosas. O resto da população foi dividido entre miseráveis e servos. Brás é um servo que trabalha para uma dessas famílias e acaba se apaixonando por um herdeiro.


Futuro renegado

Elton Moraes

Natanael é um fugitivo que acaba sendo capturado pela Sociedade de Estudos Anti-Homossexuais. Essa é uma organização que tem como objetivo fazer experiências em humanos fora do "padrão". Mas enquanto está preso, ele acaba formando alianças e descobre que os planos do governo são maiores do que ele imagina.


A Identidade Damatá

Felipe Andueza

Envolvidos em esquemas de espionagem, corrupção e pressões políticas para aprovação de uma polêmica lei sobre dados genéticos, a vida de José, Pedro, Juliana e Henrique são temperadas com acontecimentos bizarros que ecoam do passado. Aos poucos, seus caminhos vão se cruzando até descobrirem que fazem parte de um coletivo traçado há muito tempo.


Morte Matada e outras histórias

G. G. Diniz

Em um Ceará do futuro, o aquecimento global elevou o nível do mar e fundou Fortaleza. Caçadas por coronéis, as pessoas usam coleiras eletrônicas. Apesar dessa realidade, algumas pessoas estão dispostas a fazer o que for preciso para sobreviver e garantir um futuro melhor.


Autômato

Will Nascimento e Marco Barbieri

Simas sempre evitou se integrar ao Núcleo, mas dessa vez, algo deu errado. O Núcleo precisa de material descartável para seu mais novo modo de entretenimento: um jogo em que pessoas reais perdem seu livre-arbítrio e são vendidas como personagens usados em realidades virtuais.


Fisgadas

Angélica Glória

Uma ditadura religiosa e militar tomou conta do país depois de uma pandemia. A vida de duas mulheres é atingida pelo mesmo acontecimento com consequências diferentes para cada uma. A capacidade de escolha do ser humano é colocada à prova e as vidas de Analiz e Tarsila nunca mais serão as mesmas.


A extinção das abelhas

Natalia Borges Polesso

Regina foi abandonada pela mãe e seu pai morreu quando ela estava entrando na vida adulta. O mundo está em colapso e ela não tem perspectiva de mudar de vida mas, ao ver o anúncio sobre camgirls, ela decide tentar a sorte. Ao se expor para desconhecidos na câmera, ela se depara com os próprios sentimentos e fantasmas enterrados em seu inconsciente.


 

13 é um bom número de indicações, né? Com tantas obras para ler, agora vocês sabem o que fazer! A gente tem mais listas como essa, você consegue ver aqui.