Vamos cair na estrada com As vantagens de ser você?

As vantagens de ser você fala sobre os desvios necessários para realizar sonhos


“Requer muita coragem apostar em um sonho, e mais coragem ainda admitir desvios no meio do caminho.”

Quem já leu alguma obra de Ray Tavares sabe que o humor é um ponto muito forte em sua narrativa. Em As vantagens de ser você, isso não poderia ser diferente. Contando a história de uma jovem de 24 anos, totalmente desmotivada e sem conseguir correr atrás de seus sonhos, Ray nos diverte, nos emociona e nos faz devorar o livro em pouquíssimo tempo.


A obra vai nos apresentar Ana que, desesperada com o rumo que sua vida vem tomando, decide comprar o livro Você só será foda quando se sentir foda, escrito por Tony Diniz, um coach-youtuber que promete ser a solução para qualquer problema.


Em As vantagens de ser você, Ray Tavares usa o humor para falar das dores da protagonista, que é uma personagem mal humorada, impulsiva e reclamona (e quem pode julgar?). Além disso, cada personagem é construído de uma forma muito humana, é fácil olhar para qualquer família ou roda de amigos e encontrar gente muito parecida. E tem Berenice, a cachorra de estimação de Ana, que é uma personagem adorável, mesmo com todos os problemas de saúde, exigências e trapalhadas.


Ana é formada em letras, mas trabalha em uma central de cobranças de dívidas. Sua vontade é seguir a carreira de escritora, mas nunca chegou a terminar uma história. Ela passa uma parte considerável de seu tempo no Instagram, comparando a vida de outras pessoas com a sua. E entre essas pessoas está Bárbara, a crush de Ana da época do colégio. A jovem trabalha no marketing de uma fintech e namora Gael, que é um youtuber com carinha de Colírio da Capricho.


“Conhecia das horas que eu passava no seu Instagram, fuçando as viagens, restaurantes e eventos [...] Conhecia antes disso, dos intervalos que passei observando-a de longe, rodeada de amigos no pátio da escola. Conhecia da sala de aula, onde ela sempre sabia a resposta certa, mas não era a nerd chata que levantava a mão para responder e passava cola sempre que alguém pedia. Conhecia desde a época em que eu achava que deveria gostar de garotos, mas não conseguia tirar os olhos dela.”

Apesar de achar que a crush não faz ideia de sua existência, em um domingo no shopping as duas se esbarram e Bárbara puxa assunto, relembrando da época da escola. Ao ver o livro de Tony Diniz nas mãos de Ana, Bárbara menciona que haverá um retiro no Jalapão e que sua empresa é uma patrocinadora.


Ana acredita que a vida de qualquer pessoa é melhor que a dela. Ela tem uma irmã perfeita e muitos colegas bem sucedidos. Em uma atitude desesperada, que acredita ser a última chance de realizar seus sonhos, ela pede demissão e garante sua vaga no retiro de Tony Diniz. E garante também a vaga de seus dois melhores amigos, Camila e Luís Felipe.


Mas, no dia da viagem, ela acaba se atrasando por culpa de Berenice e perde o ônibus que levaria os participantes do retiro. Sem muita solução, acaba dentro do carro de Gael com Bárbara, Camila e Luís Felipe. Se você acha que ficar desempregada, parecer ser um fardo para os pais e ter uma irmã perfeita é humilhação suficiente, se prepare, porque nessa viagem Ana vai nos mostrar que tudo pode piorar.


“No dia seguinte, Camila me contou que na verdade eu caí no chão, apontei para a rodoviária e gritei: BERENICE, TÔ VOLTANDO!!!”

Esse é um livro com humor, mas também é uma história cheia de reflexões principalmente sobre os sonhos que deixamos para trás em nome de uma falsa estabilidade. Também é uma história sobre aprender a se dar uma nova chance.


A história de Ana é repleta de comparações, mas, enquanto convive com Bárbara, começa a entender que, às vezes, só ela mesma não vê o próprio potencial e que tá todo mundo na merda. A partir desse autoconhecimento adquirido em meio ao caos, Ana entende que algumas coisas podem acabar chegando de um jeito inusitado.


“Mas a vida real era difícil, dolorosa, imprevisível e muito, muito agridoce. Não era uma linda foto de Instagram, ou um “vem aí” de Twitter; era a felicidade de ter passado na faculdade, e a tristeza de um pé na bunda ao mesmo tempo.”

Uma história emocionante e bem humorada, As vantagens de ser você celebra o direito de mudar os planos e se encontrar depois de muito tempo insistindo em uma rodovia que não leva a lugar nenhum.


*Resenha baseada na edição sem revisão enviada pela editora. Todos os trechos citados foram comparados com o e-book na Amazon.


60 visualizações1 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo